sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Diadema-SP. Adolescente joga gata pela janela e publica vídeo em rede social.

Print relatando o crime cometido
Infelizmente nos últimos dias começaram a aparecer comentários no facebook sobre G.A, uma garota que mora em Diadema e estuda em uma escola adventista, onde afirmavam que a mesma teria jogado a gatinha da mãe dela pela janela de um apartamento no 14° andar de um prédio. E de repente, para nosso espanto,  de apenas comentários passaram a divulgar as provas do crime.
O motivo para tal crueldade? O amor da mãe pela gatinha era maior do que por ela (acho que entendemos os motivos não?).
Sinceramente preferíamos que tudo não passasse de boatos, fofoca para causar comoção ou conseguir curtidas, mas não foi isso que aconteceu.

Temos consciência de que publicar determinadas crueldades e crimes cometidos contra os animais podem servir de incentivo para quem quer chamar a atenção ou brincar com os sentimentos de quem os ama, porém, em determinados casos temos que utilizar nossas ferramentas para disseminar informações e mostrar a sociedade que a cada ação haverá uma reação.
Atitudes como a que essa garota resolveu tomar devem ter um preço a ser pago, e com certeza ela já deve estar sentindo na pele os efeitos deste crime cometido contra um pequeno ser indefeso e inocente.
Há muito o que se questionar e ponderar sobre os valores que estão sendo transmitidos aos jovens, se é que estão sendo. Mas sem precisar ser nenhum especialista em psicologia fica evidente que as novas gerações vem sendo criadas em um mundo onde o descarte de objetos, acessórios, roupas, tênis, mochilas se dá com uma imensa rapidez, pela velocidade imposta e incentivada pela mídia que atende com muita presteza essa indústria de bens de consumo.
Se já não me serve, por que não jogar fora? se já não me serve por que não me desfazer e pedir outro para meus pais? se me incomoda por que não jogar o gato pela janela? se eu quero tomar posse de tudo que meus pais possuem por que não matá-los?
Choca né? Mas foi assim que pensou e agiu Suzane Richthofen.... lembram se dela não? Ainda adolescente tramou e cometeu um dos crimes que mais chocaram nosso país.

O print abaixo onde ela relata que enquanto comia um sanduíche jogou o animal é estarrecedor e demonstra a total falta de sentimentos, típico de uma sociopata.


O vídeo que está sendo divulgado nas redes sociais é no mínimo estarrecedor.  Imaginar que alguém possa ter a covardia de fazer algo com um animal da forma como essa garota fez, sem o menor sentimento, sem a menor demonstração de arrependimento ou dor na consciência, é algo que mexe com nossos sentimentos mais profundos.
Dizem  que somente psicopatas* tem este perfil psicológico, e fica evidente isso quando ficamos sabendo dos crimes praticados por eles, o que nos induz a concluir que não podem e não devem viver em sociedade. Para eles não existem limites, por não possuírem a capacidade de amar e sentir empatia por ninguém, seja bicho ou gente.
Então gostaríamos que aqueles que são responsáveis por essa garota, sejam seus pais, parentes, amigos ou professores que tomem cuidado porque podem vir a ser a próxima vítima.
Já existem ativistas e protetores organizando um protesto em frente ao prédio da garota e estamos torcendo para que façam barulho realmente.
Segundo informações, uma vizinha prestou queixa na delegacia da região, fez um BO e a família recebeu uma multa, mas não temos como ter certeza de que realmente isso é verdade.

Não dá para esquecer o olhar de desespero e até mesmo de incredulidade da gatinha quando é colocada para fora da janela e lançada no vazio.
G.A que você sinta todo o peso deste crime que cometeu para o resto de sua vida mesmo sendo uma pessoa destituída de amor esperamos sinceramente que pague pelo seu crime contra a pobre gatinha.
Vai...G.A, vai...tchau....vai pela vida sentir o ódio que despertou em todos os que agora sabem do que você é capaz de fazer (quem assistir ao vídeo entenderá o motivo dessa nossa frase).

Abaixo o vídeo publicado pela assassina (
atenção cenas fortes).

video

*Psicopatia
fonte Wikipédia
Psicopatia é a designação atribuída para um indivíduo portador de uma desordem de personalidade, caracterizada em parte por um comportamento antissocial, diminuição da capacidade de empatia/remorso e baixo controle comportamental ou, por outro, pela pertença de uma atitude de dominância desmedida.
Na Classificação Internacional de Doenças, este transtorno é denominado por Transtorno de Personalidade Dissocial (Código: F60.2).1 Na população em geral, as taxas dos transtornos de personalidade podem variar de 0,5% a 3%, subindo para 45-66% entre presidiários.2
Transtorno de personalidade caracterizado pelo sentimento de desprezo por obrigações sociais ou falta de empatia para com os outros. Há um desvio considerável entre o comportamento e as normas sociais estabelecidas. O comportamento não é facilmente modificado pelas experiências adversas, inclusive pelas punições. Existe uma baixa tolerância à frustração e um baixo limiar de descarga da agressividade, inclusive da violência. Existe uma tendência a culpar os outros ou a fornecer racionalizações plausíveis para explicar um comportamento que leva o sujeito a entrar em conflito com a sociedade.1 Embora popularmente a psicopatia seja conhecida como tal, ou como "sociopatia", cientificamente, a doença é denominada como sinônimo do diagnóstico do transtorno de personalidade antissocial.






32 comentários:

  1. Essa menina é uma Doente como faz isso com um bicho que só tem carinho!
    Que adianta essa idiota estudar em uma escola particular ter tudo que os pais podem dar se não tem amor pelos animais, olha sorte dela que não moro mais em Diadema se não ia bater cartão na porta do adventista até achar essa menina doente. Nossa quanta raiva dessa idiota!
    Se a justiça mudar e começar a punir esses adolescentes que acham que é dono do mundo quem sabe as coisas não comecem a mudar.

    ResponderExcluir
  2. Que este blog marque sua vida Giuliana e que colha o fruto que merece. Tenho pena de vc.

    ResponderExcluir
  3. Que seja punida da pior maneira possível, principalmente com o desprezo. Eu como mãe jamais aceitaria esta pequena louca como amiga de meus filhos.. JAMAIS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se essa pequena louca fosse sua filha?

      Excluir
    2. Não iria querer mais ela, pois seria uma pessoa estranha para mim!

      Excluir
    3. Eu também não.....filhos são filhos. a partir do momento que eles agem dessa forma, deixamos de ve-los como filhos e começamos a ve-los como monstros...eu largava essa vagabunda na porta do ECA e eles que cuidem.

      Excluir
  4. Os pais precisam ser responsabilizados, para que mantenham a filha sob controle, ela não pode ser deixada sozinha com ninguém vulnerável. Seja ele um bebê, um idoso ou uma animal. O ideal seria que fosse internada em uma clínica psquiátrica.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente acho q não vai acontecer nada com a garota ela é menor de idade e nada nesse país funciona direito estou indignada com o fato mais estou mas indignada mesmo e com nossa constituição q assegura penas leves a atrocidade barbaras como esta espero do fundo do coração q algo seja feito..pobre gatinha uma vidinha inocente de alma pura q se perdeu

    ResponderExcluir
  6. Giuliana, nos resta apenas sentir pena de você. Egoísta, ingênua e perturbada; Giuliana, uma pobre coitada. Coitada de espírito, carinho, amor, compaixão e principalmente coitada de sabedoria pois como se não bastasse cometer o crime, teve a capacidade de filmá-lo e exibi-lo na internet como uma forma de chamar atenção.
    Pois chamou e agora pagará o que deve.

    ResponderExcluir
  7. ela esta estudando neste ano no colégio stagio...
    foi minha amiga mas depois disso n...
    conhesso ela desdo quarto ano e ela mudou de mais recentemente...
    uma amiga minha que deu a gata ficou muito chateada chorou de mais(laura) ...
    quando conheci ela era totalmente contra maus tratos a gatos e odiava quem falava mal d gatos...
    bom enfim acho que ela precisa se tratar

    ResponderExcluir
  8. O meu mais profundo desejo é: que você não tenha paz enquanto tiver vida!! A gatinha Alice agora está bem,longe da ira desse monstro!!!!

    ResponderExcluir
  9. Se fosse minha filha? Sinceramente eu entregava na mão da justiça.
    Essa de passar a mão na cabeça de criança , só forma mais e mais bandidos.
    uma semana de cadeia faria bem!
    Na epoca dos meus avós isso funcionava, pq hj em dia não pode mais? ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc! Passar a mão na cabeça só vai encoraja-la a fazer pior... os próximos devem ser os pais.( eles que se cuidem).

      Excluir
  10. Coisa estranha...não saiu uma única notícia sobre o assunto. Acho que essa menina fez tudo isso, mas não atirou gato nenhum pela janela, só pra causar. Notícia assim teria saído pelo menos em algum jornal local. O que mais tem na internet é ''notícia'' inventada, não dá pra sair matando a pau em cima da menina sem fonte segura, como reportagem em telejornal e impressos, fotos do gato caído ao chão (se de fato aconteceu, alguém deve ter fotografado, né?).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc não lê realmente jornal
      entra na pagina do g1 e você vai ver!

      Excluir
    2. Estranho né http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/09/jovem-e-ameacada-apos-fazer-video-com-gato-sendo-jogado-pela-janela.html

      Excluir
    3. Saiu sim, em vários jornais e na net. Eu vi através do jornal da Band e não sei nem o que dizer dessa família. O ato pra ticado por esta menina denota que ela tem desequilíbrio e que precisa de tratamentos. Chorei muito já pelo gatinho e nem sequer consegui ver o vídeo, imagina de vejo.

      Excluir
  11. Acho muito triste isso, mas em respeito a mãe dela sou contra eles colocarem nome e endereço..Pode acontecer uma tragédia

    ResponderExcluir
  12. CASO SEJA VERDADE, JUSTIÇA JÁ CONTRA ESSA PSICOPATA. DO CONTRÁRIO, ISSO INCENTIVA MAIS IMBECIS À BUSCA DE FAMA NESTE MUNDO DE GENTE DOENTE QUERENDO APARECER A TODO CUSTO, MESMO QUE SEJA ATRAVÉS DO SACRIFÍCIO DE INOCENTES

    ResponderExcluir
  13. Será que ela fez isso mesmo?? Não posso acreditar, estou mui triste. Se isso for verdade, terá de mudar de cidade, igual a moça q mau tratou seu cãozinho e foi filmado e passado em rede nacional.

    ResponderExcluir
  14. Era só um ridículo gato, não sei o porquê de tanto mimimi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não era só um gato ok,, era uma vida, enxergue as coisas como ela realmente são. A maldade, a crueldade existiu e foi praticada contra quem não pode se defender. Espero realmente que Deus mude sua forma de pensar, pois seu comentário preocupa tanto quanto o ato por ela praticado

      Excluir
  15. hoje saiu a notícia no G1 e fiquei muito triste com essa notícia, como pode tanta gente ruim meu Deus....

    sinto pena e raiva dessa menina, que não tem noção da gravidade do ato que teve.

    Triste.... que Deus proteja nossos animais e pessoas honestas de pessoas ruins.

    ResponderExcluir
  16. http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/09/jovem-e-ameacada-apos-fazer-video-com-gato-sendo-jogado-pela-janela.html

    ResponderExcluir
  17. Coitada da menina gente nao percebem que ela tem problema de cabeça e uma psicopata , sangue ruim.

    ResponderExcluir
  18. Era só um gato mas podia ser com uma pessoa, se ela fez isso com um bichinho, tem coragem de matar até o irmão. Ela é doente.

    ResponderExcluir
  19. Não era só um gato, era um ser vivo!!!!!

    ResponderExcluir
  20. Não e só um gato, e um ser vivo!!!!

    ResponderExcluir
  21. pelo amor de Deus alguém faça alguma coisa!!!...Sabemos que Alice não volta mais...mas se ela fez uma vez vai fazer de novo...cade a mãe dessa "coisa" não é ser humano e nem bicho...é uma coisa algo repugnante

    ResponderExcluir
  22. ouviram o barulhin...
    PLAU

    ResponderExcluir
  23. E pelos comentários de outras pessoas dizendo que é mto "mimimi" vemos outros futuroa sociopatas...

    ResponderExcluir
  24. essa garota deveria ser internada em um hospital psiquiatra isso foi uma monstruosidade o que ela fez causa revolta em muitas pessoas

    ResponderExcluir