segunda-feira, 7 de abril de 2014

Filme a ser rodado no CCZ/SP coloca em risco anos de luta pelos animais.


Um filme a ser realizado pela produtora http://www.zencrane.com/, com direção de Marcos Jorge,  obteve autorização da Secretaria de Saúde do município de SP, para ser rodado nas dependências do Centro de Controle de Zoonoses,  e terá como gancho a morte de uma animal agressivo capturado pela antiga carrocinha. Isso poderá colocar em risco o trabalho que vem sendo feito há anos para atrair a população aos eventos de adoção realizados pelo Centro de Zoonoses da cidade de São Paulo e também na educação da população visando a diminuição do estigma dos animais considerados "agressivos".

Vejam a sinopse no print abaixo retirada do site http://goo.gl/EJdyGJ


Já existe uma mobilização por parte dos voluntários para que o filme não seja rodado dentro do CCZ/SP. Vejam abaixo o chamamento para a manifestação de repúdio a autorização dada pelo secretário de saúde José de Filippi Junior que não avaliou o dano que isso causará aos animais, e ao Centro de Zoonoses.

CONVOCATÓRIA URGENTE:

O CCZ/SP foi alocado para a filmagem do filme “2 Sequestros ", que irá retratar a fatídica época da " Carrocinha e eutanásia ".
Nós,  voluntários,  protestamos contra essa locação, pois lutamos desde 2008 para que esta imagem horrenda seja mudada, bem como a lei do fim da eutanásia se expanda para outros estados.

O filme retratará exatamente esta época com o agravante de utilizarem o canil individual (onde estão hospedados cerca de 50 cães) e que, nos tempos de hoje ainda sofrem preconceito. 
Trabalhamos duro, ano após ano, para mudarmos essa imagem e agora, sem levar em conta o bem-estar dos animais que vivem nesse espaço, o Secretário da Saúde do Município de São Paulo, Sr. José de Filippi Junior libera-o sem avaliar o quanto isto pode prejudicar os animais e retroceder a imagem do CCZ/SP.
Venham participar da Manifestação contra essa atitude arbitrária do Secretário no dia 9 de Abril (4ªfeira), no próprio CCZ/SP: Rua Santa Eulália, 86.
Escolhemos esta data por coincidir com o estudo da locação pela Equipe de Filmagem!!!
Não sabemos o horário correto, assim sendo solicitamos que se juntem a nós, chegando ao  CCZ/SP por volta das 8:00 ou 9:00hs, trajando roupas pretas em sinal de luto contra este retrocesso e preparados para uma manifestação que poderá durar o dia inteiro.

Conto com a colaboração de todos, devido a seriedade do assunto!
Caso tenham dúvidas do quão grave isso poderá se tornar, entrem em contato comigo.
Mirela Santinho -  voluntária
(cel: 9 7588 1329)

Email das autoridades  para envio de mensagens pedindo para que revertam a autorização dada para a realização do filme:

Secretário da Saúde do Munícipio - José de Filippi Junior
email - filippi@prefeitura.sp.gov.br 

COVISA - Coordenação de Vigilancia em Saúde 
email - smscovisa@prefeitura.sp.gov.br

Gerente do Centro de Zoonoses de SP
email -  rosanecoliveira@prefeitura.sp.gov.br 


Produtora Zencrame 
email -   zencrame@zencrame.com

 
Vejam abaixo algumas fotos tiradas nos eventos de adoção do órgão CCZ/SP:

Foco na educação da população em relação ao Bem Estar dos animais

Voluntários interagem com a população e adotantes em Evento de Adoção - CCZ/SP








sexta-feira, 28 de março de 2014

A importancia na escolha das rações para cães e gatos.




Muitas vezes nos perguntamos o motivo de existirem  rações que custam muito barato, e outras que alcançam valores muito superiores aos alimentos que compramos até para nós humanos.
Infelizmente nem todos podem escolher sempre a mais cara, porém é importante que saibamos exatamente o que estamos oferecendo para os nossos bichos de estimação. Levando se em conta que quando a ração não oferece os nutrientes necessários, seu animal irá consumir muito mais para poder sentir saciedade,  perderá em qualidade de vida podendo vir a adoecer com mais frequência, o que aumentará as despesas com consultas, exames e medicamentos, além de acarretar uma vida menos longeva. Deve entrar nesta  conta também, o fato de que se não estiverem saudáveis ficarão tristinhos, indispostos, com os pelos feios, os olhos sem brilho,  e isso ninguém quer para seu melhor amigo não é mesmo?
Então o assunto merece uma realmente uma boa análise....afinal, se compramos ou adotamos um cachorro ou um gato, devemos sempre querer o melhor para eles.
Pensando nisso resolvemos publicar aqui alguns materiais elaborados e divulgados pela Dra. Flávia Saad, professora especialista em nutrição de cães e gatos, na UFLA - Universidade Federal de Lavras


Nas duas tabelas abaixo valores estimados para se alimentar adequadamente cães e gatos com o cálculo inclusive dos custos durante a vida toda de um animal. Importante sabermos exatamente quanto nos custará adotar ou comprar um animal. Só amor não cobrirá os custos das despesas necessárias para dar uma vida digna aos nossos queridos amigos de quatro patas, então vamos avaliar se realmente podemos



Neste material da revista Veja,  Márcio Antonio Brunetto, o professor doutor do Departamento de Nutrição e Produção Animal da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo, dá orientações de como alimentar corretamente os animais de estimação em vídeos esclarecendo várias dúvidas. Vale a pena dar uma olhada também. http://goo.gl/opzIMs 


Nota: 
Nunca compre ração a granel (solta). A embalagem é a garantia junto ao fabricante e foi criada para manter o odor, o frescor, a palatabilidade (sabor) e a higiene do alimento. Poderá estar misturada (rações de diversos fabricantes), poderá conter mofo, fungos, umidade, urina de ratos, sofrer oxidação da gordura e até mesmo estar vencida.






 

quinta-feira, 20 de março de 2014

Carta de uma protetora indignada para Luisa Mell





Passados alguns dias desde que a ex apresentadora de TV Luisa Mell fez declarações que convulsionaram a causa animal,  uma protetora resumiu em um texto direcionado a ela, tudo o que se tem dito sobre a irresponsabilidade de seus posicionamentos principalmente por se tratar de uma figura pública. Para os leigos e seguidores da moça talvez pareça que tudo não passa de picuinha, inveja ou perseguição, para os que acham o trabalho dela maravilhoso, trata se de perseguição política, porém para os que lutam há anos por políticas públicas voltadas para os animais, legislações mais rigorosas, e principalmente por maior comprometimento por parte do poder público em relação ao controle populacional voltado para cães e gatos, tudo que foi dito representa um retrocesso de décadas. Todos nós sabemos que culturalmente existe uma imensa dificuldade por parte da sociedade leiga em aceitar a castração ou esterilização, como preferem alguns, principalmente quando se trata de filhotes, e animais cujos proprietários são homens,  e a declaração de uma pessoa considerada pelos seus seguidores como o supra sumo da proteção animal, imagem reforçada dia a dia em sua página do facebook, só poderia causar um enorme estrago. 
Para os que não acompanharam ou não tiveram a oportunidade de ver nossa postagem anterior, segue o link
http://goo.gl/qsX8xR

 
De: maria fernanda leme [piva feleme_piva@yahoo.com.br]

Prezada Luisa Mell,

Tenho plena convicção de que a causa animal deve a você boa parte da visibilidade que temos hoje. Embora eu, ao lado de muitos outros protetores, abominávamos o sensacionalismo que sempre abordou na causa. Incluam-se aí choros e descabelamentos que ocorriam apenas na frente das câmeras. Embora grande parte da população brasileira só teve o conhecimento das mazelas sofridas pelos animais pelo seu programa.
Porém, venho por meio desta carta aberta demonstrar a minha indignação com a forma fútil e irresponsável que vem tratado a causa animal, para ter maior repercussão de seu nome e conseguir mais e mais seguidores por conta de sua campanha política.
Essa é uma luta de décadas para conscientizar a população dos benefícios da castração. Aqui em São Paulo temos este serviço gratuito no CCZ, mande sua equipe se cadastrar lá, basta abrir as portas do local onde vocês abrigam os animais para provar que a condições são dignas e salubres, que terão a castração gratuita, realizadas por médicos competentes e técnica cirúrgica minimamente invasiva... Sem índice de mortalidade.
Os protetores independentes realizam um trabalho de formiguinha muito digno e eficaz. Doam milhares de animais por ano, CASTRADOS, não porque são obrigados por lei (já fazíamos isso antes dela), mas por princípios éticos. Não são pessoas desocupadas, ou frustradas, como foram chamados por alguém que fala em seu nome na sua página, ou por você mesma.
Esse assunto jamais deveria ser polêmica entre os protetores, e sim, a revolta dos criadores de fundo de quintal, fábricas de filhotes doentes. Como pode você que se diz protetora sair com essa?
No meu caso, não tenho qualquer ligação com políticos, como quem contesta nas suas colocações irresponsáveis sempre é acusado por sua mãe. Mas estou profundamente indignada com o desserviço que você está prestando à causa. Sou parte de um grupo que coloca a mão na massa, de fato. Não como você que é protetora na frente das câmeras deixando todo o trabalho com sua equipe... equipe esta que perdeu a Feira do Pet Center Marginal por não cumprir a lei vigente, exatamente por doarem animais sem castrar (já em 2012), conforme email do Centro de Controle de Zoonoses divulgado na lista [libertaçãoanimal] em 21/09/12.
Que faça o seu “trabalho” Luisa Mell atrás e na frente das câmeras, use os animais para se promover e se eleger, mas respeite os princípios de nossa causa. Para nós não há espaço para luz, nem câmeras, aqui é só ação. Você é apenas mais uma e pode escolher entre ser respeitada ou rechaçada, a escolha será sua. Mas, não nos queira como inimigos, você mais do que ninguém sabe da nossa força, tanto que a usa para se promover. E não venha colocar foto chorando nem se fazer de vítima. Decida-se, se dentro ou fora. Se for dentro "siga a reza" e lute pelo que é certo.
Basta de crendice, macumba, mandinga, pajelança, ziqui-zira, reza-braba e curas mirabolantes para tratar doenças. 


Responsabilidade é a palavra de ordem.
Quanto à sua afirmação de ter visto centenas de filhotes morrerem na castração, só posso acreditar que os mesmos eram mantidos em local insalubre, ou o seu veterinário é um profissional totalmente incapacitado para tanto. Por favor, divulgue imediatamente o nome dele para que nunca leve nenhum de meus resgatados. Reveja seus conceitos, porque aqui entre nós, protetores de verdade, só morrem animais debilitados e doentes, não porque foram castrados.

A lei que você ataca é consideradas pelos protetores sérios uma das grandes conquistas da causa. Ninguém discute essa lei, quanto mais animais castrados melhor. Somente protetor picareta doa animal sem castrar, gente irresponsável, “protetor” que quer aparecer na foto com vários animais doados para apresentar altos números de adoção, e que pouco se preocupam com o pós adoção... Já ouviu falar?
Adoção não é marketing, é um trabalho sério de encaminhar animais para novos lares depois de reabilitados, vacinados e CASTRADOS. Lembrando que animais debilitados não podem passar por cirurgia, menos ainda serem doados.
A doação de animais é um processo criterioso, que cumpre toda a legislação vigente e os preceitos da proteção animal, qualquer coisa fora disso chama-se desova.
Hoje você conta com 900 mil seguidores que receberam seus “dados estatísticos”. Vamos lá.
.
Castração:
Você é contra a castração precoce de animais e divulgou isso em sua página e no texto incentivou pessoas a doarem sem castrar, ou não castrarem seus animais. Afirmou que já viu centenas, CENTENAS, de animais morrerem pela castração (embora tenha apagado isso depois) o que me deixa profundamente preocupada com a vida dos animais que "você" resgata. Perceba, se centenas já morreram e é porque foram castrados sabe-se lá por quem, com o pós cirúrgico sabe-se lá onde. Aconselho a ter cuidado com suas palavras, ou com o que é postado por seus assessores.

Lar temporário

A lei não proíbe lar temporário (de onde tirou essa). Ela proíbe doar sem castrar. Mas, sua equipe doa com termo de lar temporário e cobra taxa de adoção.
Vamos fazer alguns cálculos agora:
Digamos que com toda sua irresponsabilidade você tenha influenciado apenas 1% dos seus seguidores (número muito aquém do provável), cerca de 9.000 pessoas. Vamos dizer que dessas pessoas apenas 10% não castram seus animais e doam com "termo de lar temporário" (burladinha na lei, né?) esse número cai para 900 pessoas. Vamos dizer que dessas 900 pessoas, estimuladas a agir como você e sua equipe, apenas 10% não encontrem o adotante para castrar o animal na idade por você considerada correta, por motivo de mudança, endereço errado, ou qualquer outro que não venha ao caso, cerca de apenas 90 pessoas. Veja Luisa Mell, estamos falando de apenas 0,01% de seus seguidores.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (salvo se sua equipe tiver estudos mais eficazes, completos e corretos), uma cadela em 7 anos de vida, gera até 64 mil descendentes. Digamos que a metade das pessoas por você influenciadas, ao ponto de colocar em prática o mesmo que você faz, tenham doado cadelas sem castrar (sabemos que o número chega em 60% das adoções), cerca de 45 pessoas, apenas. Veja bem Luisa Mell, estamos falando de 0,005% dos seus seguidores.

Se a OMS estiver certa, Luisa Mell você poderá ser a responsável pelo nascimento de cerca de 280 mil animais, quantos destes conseguirão ter um lar, quantos serão abandonados e quantos serão mortos?
Agora vamos falar de Bicarbonato de Sódio* :
Você publicou uma matéria intitulada "A CURA DO CÂNCER COM BICARBONATO DE SÓDIO", onde narra a experiência de ter curado sua cadela em fase terminal da doença com tal substância. À parte o fato de você violar a Lei Federal que dispõe sobre o exercício da profissão de médico veterinário, ao prescrever tal substância para o tratamento da doença, não há qualquer prova científica dos benefícios do Bicarbonato de Sódio para o tratamento do câncer. Seu uso é, inclusive, amplamente refutado pela comunidade médica.
O médico italiano Tuliio Simoncini, descobridor do tratamento revolucionário, teve sua licença para exercer a medicina cassada, e foi também condenado por morte criminosa 

http://www.cancertreatmentwatch.org/reports/simoncini.shtml
Quantas pessoas deixaram de tratar seus animais pelo método tradicional para usar o Bicarbonato de Sódio prescrito por você, Luisa Mell?
Você é responsável pela morte de quantos animais com câncer?
Perceba uma coisa, você é uma formadora de opinião e milhares de pessoas confiam em você, e seguem o que você diz. 



Seja responsável.
Estamos falando de vidas. Estamos falando de uma causa que está sendo construída há décadas com poucas, mas importantes conquistas neste período.

Você será candidata? Então entre para a política de cabeça erguida, não precisa apagar a luz do Trípoli, ou se apresentar como super protetora iluminada ao descobrir a cura do câncer, nem mesmo fazer sensacionalismo mandando operar uma cadela com um tumor de 5 kg, o que qualquer veterinário prudente não faria. Acenda sua própria luz, mostre seu trabalho, não bata na cara de milhares de protetores de animais que fazem seu trabalho direitinho, lute ao nosso lado pelo que é certo para os animais.

Por favor, peça para a sua mãe parar de ofender as protetoras com palavras que variam de mal amadas a invejosas, passando por recalcadas. Essa é a causa a que dedicamos nossa vida. Alguns de nós abrimos mão de familiares e até maridos para nos dedicar aos animais, portanto não é inveja. É indignação, é revolta.
Use sua beleza, e sua influência para ajudar os animais e a causa, e verá que irá conquistar mais fãs. Procure se cercar de pessoas sérias, equilibradas e comprometidas verdadeiramente com os animais.


Nós precisamos sim de muitos parlamentares para defender os animais, mas de parlamentares sérios, éticos e comprometidos com o que defendemos: castração, identificação e conscientização.

Maria Fernanda Leme Piva
Protetora indignada.



Nota:
Não conhecemos a protetora Maria Fernanda Leme Piva, também não sabemos se o nome é fictício, ou não, mas nessa carta está resumido o sentimento de muitos protetores sérios que nestes dias após a desastrosa postagem da ex apresentadora Luisa Mell se indignaram com suas declarações. Não há nada ofensivo ou que não tenha sido dito por muitos de nós, e resume muitas das manifestações destes últimos dias por quem há anos atua na causa de proteção animal pelas redes socias e por  este motivo decidimos publicar. 

*Pronunciamento do CRMV/SP sobre a indicação do bicarbonato de sódio para cura do cancer para cães e gatos, se encontra no site da instituição para não deixar dúvidas sobre o que foi dito na carta da protetora. http://goo.gl/bdwQsR 





 

segunda-feira, 17 de março de 2014

Jacú Pessego livre do comerciantes de vidas - vitória da lei e dos defensores dos animais.




Há anos este local onde centenas de filhotes de cães e gatos ficam expostos ao sol, à chuva e as zoonoses, submetidos aos maus tratos, era denunciado pela proteção animal para as autoridades de nossa cidade. O fato de lutarmos contra esses pontos de vendas ilegais apoia se na certeza de que todos estes filhotes são fruto de uma criação cruel, onde matrizes doentes, infectadas e subnutridas por vezes são usadas até a completa exaustão,  e depois descartadas sem nenhuma piedade por parte destes criadores de fundo de quintal. 
E finalmente neste fim de semana,  15/16/03 tivemos a prova de que após anos de denúncias contra esse comércio bárbaro nossa luta valeu muito a pena. Foram anos de luta para que pudéssemos finalmente ver a avenida e arredores livre das centenas de barraquinhas e carros estacionados ao longo da via. Mesmo após a aprovação da lei 14483/07 http://goo.gl/KEaoGz  a falta de ação por parte do poder público, no caso a Subprefeitura de Itaquera era notório, e fazia com que os defensores dos animais se sentissem no mínimo indignados. Nossa última postagem sobre este local de holocausto animal, se deu após a exibição de  uma matéria do R7, onde uma vendedora deixa claro que o comércio ilegal ocorre no lugar por suborno da fiscalização, o que causou um tremendo mal estar para as autoridades responsáveis pela região. Para quem não leu ou assistiu a matéria é só entrar no link http://goo.gl/1AixXF

Após a repercussão negativa da reportagem do R7, em uma reunião com a equipe do Vereador Tripoli (autor da lei 14483/07)  e autoridades do Centro de Zoonoses de São Paulo, http://goo.gl/R5Izw0 o então subprefeito Guilherme Henrique de Paula e Silva se comprometeu a não mais permitir o comércio ilegal, imoral, cruel e vergonhoso em sua área de atuação, e neste último fim de semana finalmente a promessa começou  a ser cumprida. 

Para os protetores e ativistas que ainda não tiveram conhecimento desta lei fica a dica de que devem lutar por legislação semelhante em seus municípios, e para os que já conheciam fica a certeza de que embora seja sempre uma dificuldade fazermos com que o executivo cumpra com seu dever, sem nossa garra nada disso estaria acontecendo. Essa lei já faz parte de nossa história e não podemos admitir que seja esquecida ou menosprezada por quem visa apenas o lucro às custas de vidinhas inocentes.
No histórico de nossa batalha pela lei 14483/07 temos uma vitória incontestável que foi a desativação de cerca de 8 pontos de venda de filhotes na Av. Bandeirantes, comércio ilegal que já existia na região sul de SP há décadas e que nunca mais voltou a acontecer.
Temos a certeza de que com a contribuição do movimento de proteção animal da cidade de SP, denunciando e não deixando essa lei cair no esquecimento,  e pelo fato de termos em nosso município uma lei pioneira conseguimos evitar a venda de milhares de filhotes em nossas ruas nestes anos todos.

Nota:
Existe a informação extra oficial de que a repressão acontecerá na região por 15 fins de semanas consecutivos. Estamos torcendo para que isso realmente aconteça e que a visão daquelas centenas de barraquinhas expondo vidas indefesas seja uma visão do passado.


Caso queira denunciar o comércio ilegal em alguma região da cidade de SP seja em local público ou em pet shops basta entrar neste link onde encontrarão todas as informações necessárias. http://pt.calameo.com/read/00191317195dfac18f398

sexta-feira, 14 de março de 2014

Luisa Mell - O ego e a vaidade superando a razão.




 No início desta semana fomos surpreendidos por uma postagem na página da figura pública e provável candidata a deputada estadual pelo PMDB, Luisa Mell, em um post com um filhote sendo amamentado, onde ela afirma que no próximo evento de adoção que ocorrerá no domingo dia 15/03/2014 estaria para adoção. Inicialmente pensamos não estar lendo aquilo que estava escrito ali, porém a postagem não deixava dúvidas (vejam no print abaixo).


E para piorar ainda mais o que já por si só é uma demonstração de total irresponsabilidade por parte dessa moça, na cidade de SP existe a lei 14483/07 http://goo.gl/H6rRyr segundo a qual, cães e gatos só podem ser doados após estarem castrados, vacinados e vermifugados.
Assim logo após termos tornado público que havíamos ligado para o estabelecimento onde vai ocorrer o evento de adoção para avisá-los que com a divulgação de que estariam doando filhotes ainda mamando, poderiam ser denunciados ao Centro de Zoonoses ( órgão responsável pela fiscalização nestes locais), eis que surge uma nova postagem na página da ex apresentadora, apelando para o direito de doarem  filhotes sem castrar na cidade de SP e pedindo para que a lei 14483/07 seja modificada porque precisam colocá-los em lar temporário (recurso utilizado por protetores para poder tratar, castrar, vacinar e colocar o animal apto para adoção)  e não podem castrá-los antes dos 6 meses, pois ela é contra a castração precoce ou pediátrica*, inclusive afirmando que já presenciou centenas de mortes assistindo cirurgias de castração.  
Aqui está a postagem http://goo.gl/ynVNXn

Só para esclarecer, não existe nenhum impedimento na lei para que os filhotes sejam colocados em lares temporários, o que eles não podem é ser levados para os eventos de adoção sem as devidas castrações e vacinas e serem colocados para adoção, o que vem sendo demonstrado na verdade que é a real intenção é abrir uma brecha na lei  para que possam oficialmente doar animais sem castrar e sem nenhum tipo de responsabilidade por parte da Ong com a qual ela mantém parceria.

Precisamos deixar claro que a proteção animal séria e consciente, e que luta há anos para tentar diminuir a super população de animais carentes, está indignada (vejam a reação no link abaixo) e teme que com essa manifestação irresponsável e chantagista, por parte de alguém que possui milhares de seguidores, e que está almejando se eleger em nome da causa, haja um tremendo retrocesso, e após décadas de luta na busca de políticas públicas para os animais carentes, legislações protetívas e sobretudo em se  educar a população para que castrem seus animais, todo o esforço venha a se perder, apenas porque a pretensa protetora e ativista precisa muito dos holofotes para alcançar seus objetivos.
Para os que não tem facebook neste link estão disponibilizados os prints que demonstram a indignação do protetorado e de muitos veterinários. Para poder ler cada comentário cliquem em cima de cada print.
http://goo.gl/8nyXEj

Para quem é leigo, ou  nunca teve um filhote de cão ou gato em casa,  ou mesmo está se iniciando na proteção animal, é importante saber que animais recém nascidos jamais podem ser expostos à locais onde terão contato com outros, antes de estarem imunizados com pelo menos a primeira dose de vacina, pois correm o risco de serem contaminados com doenças oportunistas e como consequência virem à óbito.

Nota:
Saibam como devem ser os eventos de adoção em SP.  http://goo.gl/iu90ZB
A lei 14483/07 existe há quase 7 anos, temos muito orgulho de sempre ter lutado por ela que tem servido de referencia para outras cidades de nosso país, várias  feiras de venda ilegal de filhotes foram desativadas e pet shops tem que vender apenas filhotes castrados, vacinados, vermifugados, microchipados e com Nota Fiscal. Neste link saiba como denunciar o comércio ilegal de filhotes  http://goo.gl/oYnYI8





 

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Hanko - carimbos japoneses que valem a vida de um elefante.

Presas de elefantes prontas para serem transformadas em hankos
O inkan chamado popularmente como hanko, é um tipo de carimbo cilíndrico ou quadrado, do tamanho de um giz, usado no lugar da assinatura no Japão. Até aí tudo bem, pode ser feito de bambú, plástico ou madeira (custam em média 1 a 20 dólares) . O grande problema é quando se busca status e mesmo que seja algo carésimo,  se opte por ter um hanko feito de marfim (chegam a custar 7500 dólares se for pessoa fisíca e 10 mil dólares para empresas).

Hanko (carimbo) feito de marfim
Eles têm os caracteres do sobrenome da pessoa ou o nome da empresa entalhado em uma de suas extremidades que após ser marcada com a tinta, é pressionado sobre um papel ou documento. Todos, sem exceção desde o Imperador até um assalariado no Japão possui um hanko, inclusive estrangeiros que residem no arquipélago.


O inkan tem várias finalidades, desde transações de negócios, legalização de  documentos e para se firmar contratos, abrir contas bancárias, casamentos,  e mesmo para funções como a inscrição em algum curso ou academia. ou para envio de encomendas via correio.

Expositor de hankos de marfim e processo de fabricação
Nota:  encerramos nossa postagem e conclamamos a todos que possuem familiares ou amigos no Japão para que lutem para que estes carimbos deixem de ser fabricados, da mesma forma que devemos lutar para que qualquer país que fabrique artefatos utilizando o marfim pare de fabricá-los e de comercializá-los . A nós apaixonados pelos animais e ativistas da causa de defesa dos animais resta denunciar e divulgar mais este crime cruel. A cada objeto de marfim vendido pelo mundo, um elefante foi morto e sua família foi dizimada, pois ela se desestrutura a cada membro que é abatido. Estes carimbos feitos de marfim terão a mesma função de um feito de plástico, são totalmente dispensáveis e estão contribuindo para a matança de elefantes, o que poderá ocasionar a extinção da espécie.
O  vídeo abaixo já publicado em outra postagem sobre a indústria do marfim na fabricação de objetos religiosos cujo comércio vem crescendo ano a ano pelo mundo.


Apesar do Tratado da CITES, de 1989, que proibiu o comércio global de marfim e chifres de rinoceronte, os negócios ilegais relacionados à matança de elefantes e à mutilação de rinocerontes não param. 
Dando continuidade a um projeto de três anos sobre o assunto, Brent Stirton revela as motivações por trás de seu mais recente trabalho e expõe o lugar ocupado pela religião na demanda e na continuidade do comércio.







terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Aumente a segurança de cães e gatos nos passeios de carro.




Quem atua na proteção animal vez ou outra se depara com algum apelo desesperado sobre animais que fugiram, desapareceram ou foram roubados. Na medida do possível até podem vir a ser encontrados, porém nem sempre se tem sucesso na empreita. Já vimos acontecer alguns casos extremamente tristes de animais que fugiram após acidentes de carros, onde até mesmo caixas de transporte não resistiram ao impacto da batida,  ou mesmo que escaparam pela janela em avenidas ou estradas porque viram algo que despertou seu interesse e saltaram, nunca mais sendo encontrados ou tendo sido atropelados.


Anjos existem, quanto a isso não temos a menor dúvida, vejam este caso que aconteceu em Bauru/SP onde o carro ficou totalmente destruído e só o cachorrinho sobreviveu ao acidente http://goo.gl/sU7k3l ,  porém se pudermos ajudar nossos queridos filhos de 4 patinhas a ter mais segurança porque negar-lhes mais esse cuidado? afinal... filho foi feito para ser protegido não?

Vejam que campanha boa essa do Observatório Nacional de Segurança Viária criou sobre Transporte de Animais. 


video








quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Cuidado. Dicas que ao invés de curar podem matar seu animal.

Quando algum material é bem feito não existe a necessidade de se elaborar outro, visto que podemos utilizar nosso tempo para criação de alguma outra postagem. Por este motivo resolvemos replicar aqui as postagens do Portal Nosso Mundo e do blog Dicas Peludas da amiga Denise Dechen. O banner sobre bicarbonato de sódio no fim do post é de autoria de Dra Flávia Saad, professora na UFLA - Universidade Federal de Lavras especialista em nutrição de cães, gatos, passáros e animais silvestres e exóticos.  


Escrito por Silvia Schultz - Médica Veterinária - CRMV - RS 12750 .

A internet nos proporciona atualmente uma fonte riquíssima de informações a respeito dos vários cuidados que devemos ter com nossos animais de estimação.  Orientações sobre guarda responsável, cuidados com a alimentação, dicas e recomendações de saúde estão amplamente distribuídas através de redes sociais e fóruns online. Porém, é importante entender que nem tudo o que é divulgado é verdadeiro e benéfico. Ao mesmo tempo em que informações valiosas são compartilhadas, muitas informações falsas e que trazem prejuízos aos animais também o são. Exemplos disso são as famosas “receitas caseiras milagrosas” que prometem façanhas como a cura da cinomose, controle e cura do câncer, antídoto para envenenamento, controle de ectoparasitas entre outros. Estas formulações caseiras iludem o proprietário com a promessa de uma solução rápida, barata e eficaz para os problemas do seu animal, quando na verdade não funcionam e acabam por retardar ou agravar o quadro clínico do mesmo.


Separei então algumas das principais receitas caseiras que andam circulando pela internet e seus perigos ao serem utilizadas ou administradas a cães e gatos:


 - Dica anti-envenenamento do Dr Marcell Benedetti (dica do "atroveran"): essa é, provavelmente, a receita caseira mais divulgada na internet, e pode trazer danos irreparáveis a cães e gatos com suspeita ou comprovação de envenenamento. O texto orienta o proprietário de um animal envenenado a usar água oxigenada seguido por algumas gotas de um medicamento chamado atroveran. A água oxigenada funcionaria como estimulante para que o animal vomite, e o atroveran teria a função de neutralizar venenos como chumbinho e 1080. Vamos então aos esclarecimentos: nem todo caso de envenenamento tem indicação de provocar vômito. Algumas substâncias ácidas ou cáusticas, ao serem ingeridas e posteriormente vomitadas, levam à extensas queimaduras químicas ao longo do esôfago e cavidade oral. Outro fator importantíssimo a ser considerado é o estado de consciência do animal. Animais com hiper estimulação do sistema nervoso central (causado por alguns tipos de substâncias) podem convulsionar, o que contra indica totalmente o vômito. Animais torporosos (sonolentos) também não devem ser estimulados a vomitar pelo risco de falsa via (engasgo). Ainda, em hipótese alguma se administram líquidos ou medicamentos por via oral em animais nessas condições pelo mesmo motivo (engasgo). Quanto ao atroveran, essa medicação não possui poder algum de neutralização de substâncias tóxicas, especialmente tratando-se do veneno 1080 (monofluoracetato de sódio), que não possui nenhum antídoto conhecido.


Ainda em relação a casos de envenenamento, várias receitas paralelas têm sido indicadas por leigos em fóruns online: leite, café, água morna, leite com soro (ou sem soro), azeite, carvão ralado em água gelada ou amassado com leite, buscopan, gema de ovos, quiabo com água batido no liquidificador, leite com açúcar, água com detergente, etc. Nenhuma dessas substâncias tem eficácia frente a casos de envenenamento e não devem ser administradas ao animal. A dica é correr com o animal para o veterinário levando consigo, quando possível, o nome ou o rótulo da substância ingerida para que os cuidados de suporte possam ser iniciados imediatamente.


 - Limão com bicarbonato, uma combinação 1000 vezes mais potente que a quimioterapia: essa “mágica” promete curar o câncer. Porém, não existe nenhuma evidência que comprove cientificamente que limão misturado a bicarbonato (o mesmo serve para raspas geladas de limão) possa exercer algum efeito curativo a pacientes vítimas de tumores malignos. Tumores são massas originadas da multiplicação descontrolada das células, necessitando de medicações específicas que levem à lise (quebra) dessas células e ao controle dos sinais clínicos. As medicações utilizadas no tratamento do câncer são chamadas de antineoplásicos (quimioterapia, imunoterapia, hormonioterapia), e tem funções amplas e complexas no tratamento da doença, agindo diretamente no material genético das células modificadas. Jamais se aceitou que formulações caseiras possam substituir a ação dessas medicações e levar à remissão de tumores e a cura dos pacientes, sejam eles humanos ou animais. Portanto essa dica é falsa e muito perigosa, e não deve ser seguida.


 - Solução de cânfora com álcool para matar pulgas e carrapatos: a cânfora pode levar à reações alérgicas e toxicidade em cães, gatos e crianças. Quando misturada ao álcool então, seus efeitos podem ser ainda mais prejudiciais. A ação dessa mistura sobre pulgas e carrapatos nada faz além de deixá-los um pouco tontos. Para que haja um controle efetivo de ectoparasitas (pulgas e carrapatos) se faz necessário controle ambiental aliado ao uso de produtos específicos para esse fim, sempre orientados por um médico veterinário.


- Quiabo batido no liquidificador cura cinomose: a cinomose é uma doença causada por um vírus e tem um alto índice de mortalidade entre cães não vacinados, especialmente quando não diagnosticada e tratada corretamente. É altamente contagiosa e caracteriza-se pela ocorrência de alterações respiratórias, digestivas e de sistema nervoso central. O tratamento envolve cuidados de suporte e antibioticoterapia de amplo espectro a fim de debelar infecções bacterianas secundárias que freqüentemente levam o animal à morte. A dica do suco de quiabo é bastante perigosa, uma vez que, além de não ter efetividade alguma no tratamento da doença, acaba por retardar e prejudicar o correto tratamento.


 - Papinha milagrosa feita com fígado, quiabo e leite batidos no liquidificador para curar parvovirose e cinomose: a alimentação de um animal muitas vezes pode interferir no tratamento de doenças, da mesma forma que determinadas doenças impedem o uso de um ou outro tipo de alimentação. Pacientes nefropatas, por exemplo, não devem receber alimentação com altos níveis de proteínas. Pacientes hepatopatas por sua vez, devem receber uma alimentação específica a fim de poupar a função de um fígado já prejudicado pela doença. O que é bom e saudável para um animal, pode ser prejudicial a outro. Dessa forma, sair por aí indicando essa ou aquela dieta pode ser perigoso e levar à danos consideráveis à saúde dos animais.


Essas são apenas algumas das receitas divulgadas e compartilhadas na internet. Nenhuma tem fundamentação científica, nenhuma tem eficácia comprovada, ou seja, nenhuma dessas receitas funciona de fato. Mais do que isso, ao serem seguidas, podem causar danos importantes em cães e gatos, além de retardar o tratamento correto. É necessário então termos bom senso, desconfiar daquilo que parece milagroso demais, evitar compartilhar textos, cartazes e banners sem que se saiba a confiabilidade dos mesmos. Afinal nosso animal é nossa responsabilidade e quando doentes, merecem e necessitam de assistência veterinária qualificada. Optar por receitas caseiras na tentativa de evitar uma consulta ao veterinário não denota apenas irresponsabilidade, mas constitui-se em um crime, uma vez que se está negando ao animal o recurso que ele necessita para viver bem e com saúde.


E a mais nova, Bicarbonato cura câncer. "Um texto que promete a cura natural do câncer através de uma mistura de limonada com bicarbonato de sódio tem circulado na internet de tempos em tempos, especialmente nas redes sociais. Supostamente divulgado por um "Instituto de Ciências da Saúde", o documento afirma que o limão "é um produto milagroso para curar as células cancerígenas". Além disso, chama atenção por informar que a receita milagrosa é "10.000 vezes mais forte que a quimioterapia". O BOL buscou a opinião de especialistas para avaliar a veracidade da "medicação cítrica" e confirmou que as informações são falsas - a receita chega a ser ingênua e não passa de uma "balela".

"A literatura médica desconhece evidências sólidas de que o limão ou a limonada com bicarbonato possam ser anticancerígenos e, muito menos, substituir tratamentos quimioterápicos", explicou Pilar Estevez Diz, oncologista clínica e coordenadora do ICESP (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo).

Pilar também rebate um trecho do texto que salienta que a cura através do "suco milagroso" acontece porque o extrato da fruta altera o pH (potencial hidrogeniônico que indica o índice de acidez, neutralidade ou alcalinidade do organismo, além de regular o metabolismo). Ela explica que não é apenas a alteração de pH que leva à cura da doença e ressalta que toda linha de terapia para o câncer passa por investigações rigorosas. "É importante desmitificar essa informação, que chega a ser ingênua, porque se deve pensar na segurança do tratamento, que não pode causar mais efeitos que a própria doença", falou a oncologista. Continue lendo em:http://goo.gl/qkXiQz




Errata: Onde se lê "extruvita", leia-se "estruvita"


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Escandalo: porque feira ilegal de filhotes na Jacú Pessego não é fiscalizada.



Desde que a lei 14483/07 http://cm-sao-paulo.jusbrasil.com.br/legislacao/710301/lei-14483-07 foi aprovada na cidade de SP existe um grande descontentamento por parte dos ativistas e protetores de cães e gatos na falta de combate por parte dos órgãos competentes em relação a fiscalização dos pontos de venda ilegais de filhotes.
Há anos estes pontos de venda ilegais aqui em SP vem sendo denunciados, locais onde os filhotes são vendidos embaixo de sol, em situação de maus tratos dentro de porta malas de carros, expostos a sujeira das calçadas, em caixas de papelão, outros sendo manipulados por todos, passando de mãos em mãos e sendo vetores de zoonoses. A grande maioria destes filhotes, tem em sua procedência histórico de problemas genéticos, cruzamentos consanguíneos, doenças transmitidas pelas matrizes que na maioria das vezes estão desnutridas ou doentes,  e acabam morrendo nas primeiras semanas depois que chegam a casa do comprador. No ano passado tivemos a promessa do subprefeito de Itaquera que iria atuar na região e acabar com essa feira, .porém nada aconteceu.
http://esquadraopet.blogspot.com.br/2014/02/escandalo-porque-feira-ilegal-de.html

No caso da feira ilegal da Jacú Pessego pouquissímo tem sido feito para que ela deixe de existir, apesar de estar escandalosamente na cara de todas as autoridades desta cidade. Sempre houve a suspeita de que algo muito errado acontecia na subprefeitura de Itaquera/SP.  Porém faltavam provas, até que hoje um vídeo expôs a verdadeira razão desta feira nunca ter sido combatida. 
Assistam ao vídeo do R7 http://r7.com/3ghm e tirem suas conclusões, e se possível se manifestem pedindo para o subprefeito de Itaquera para que tome providencias contra os vendedores ilegais de filhotes. 

 

Nota:
Saibam como denunciar o comércio ilegal de filhotes na cidade de SP. 
http://pt.calameo.com/read/00191317195dfac18f398







quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Duas lindas homenagens à Marius, a girafa.




Nosso post anterior não poderia ser nem leve, nem belo http://esquadraopet.blogspot.com.br/2014/02/marius-girafa-que-nos-mostrou-crua-e.html. Isso acontece quando nós estamos tomados pela indignação e pela dor.  Faz parte do ser humano externar de alguma forma, os seus sentimentos. Mas existem sim aqueles que apesar da dor e da revolta conseguem falar e se manifestar sobre assuntos dolorosos de forma suave, quase lírica. Resolvemos publicar aqui algumas homenagens que tem chegado pelas mídias sociais feitas de forma tocante e bonita para a girafinha Marius que nos deixou com o coração em frangalhos nesta semana e ficará em nossa memória por muito tempo.



O vídeo foi projetado diretamente na parede de entrada do Zoo de Copenhagen por integrantes da Ong Peta alemã. Sensível e feito de forma inovadora. A mensagem: "jardins zoológicos são prisões de animais. Você paga a taxa de entrada, Marius pagou com a vida.

A outra homenagem que escolhemos para ser publicada aqui é também de uma grande sensibilidade e beleza. O nome da página do facebook onde ela foi publicada é Diário de uma mocinha, que é dedicada a uma cachorrinha que ficou tetraplégica, e cuja história gerou um livro de autoria de sua protetora, a atriz Julia Bobrow.



Marius tinha 18 meses de vida. Uma criança. Era saudável, estava crescendo, chegaria aos espetaculares 6 metros de altura! Um super-humano? Não, uma Giraffa camelopardalis.

Marius não nasceu nas savanas africanas, mas na aridez de um zoológico. Sem saber o que é a liberdade, acostumou-se a ter milhares de olhos curiosos sobre cada movimento que dava. Uma patrulha do entretenimento, a Gestapo da contemporaneidade.
Seu cotidiano era repetitivo, mas vivia feliz. Sua característica ingenuidade a fez acreditar que acordaria no domingo, comeria, brincaria com seus parentes e amigos, fingiria comportamentos, atiçaria as crianças – estas sim a compreendiam!
Saiu para brincar. Era domingo. Zoológico lotado, um frio aprazível, era domingo! Homens vestidos de branco se aproximaram. Jalecos novos e limpos, eram seus amigos de todos os dias. Marius então sorriu, esticou seu pescoço para cumprimentá-los, tentou avisá-los que tivera uma noite plena de sono e que estava fel... bang!

Longa pausa.

O mundo acendeu uma vela para Marius. O tiro em sua nuca espalhou uma mancha de sangue em toda humanidade já fétida e maculada de nódoas das vidas tiradas em nome da ciência e do entretenimento. Foi assassinada na frente das mesmas crianças que antes a viam sorrir e brincar.
Mas Marius hoje não está sozinho. Sua pureza, sua alegria, todo seu encantamento hoje se entrelaçam profundamente com o abraço que recebeu da nossa Mocinha. Onde quer que as duas estejam superaram as profundas falhas de caráter dos homens. Nós é que ficamos, aqui na terra, com este nó na garganta, a dor de barriga e uma vergonha que simplesmente não passa.
 
Nota:  
Esperamos que sua morte que tanta indignação causou pelo mundo afora,  faça com que as práticas tidas como normais para técnicos, veterinários e administradores destes locais, acostumados a enxergar os animais como simples produtos a serem ou não descartados, sejam humanizadas, sejam feitas com mais amor, levando em conta o carinho que os animais despertam em nossos corações deva ser levando em conta.
Provavelmente irão pintar outras homenagens tão bonitas quanto essas, mas consideramos ambas muito especiais e gostaríamos de compartilhar com os amigos leitores do blog.