terça-feira, 16 de setembro de 2014

Espanha - El Toro de la Vega - Touro Elegido foi morto hoje sob aplausos e risadas.


Apesar da grande manifestação feita no sábado dia 13/09/2014 http://goo.gl/5xrhDU em protesto contra o Toro de la Vega, hoje em Tordesilhas, o touro de nome Elegido foi morto covardemente pelo lanceiro Álvaro Martín 'Portu' sob aplausos e risos dos covardes lanceiros.
Foram  mais de 45 lanceiros inscritos, 30 deles a pé e 15 montados em cavalos. Cerca de 30 mil pessoas participaram do "evento" que foi muito tenso devido ao confronto entre os defensores e os opositores da tal festa.
A "comemoração" teve que ser atrasada porque centenas de ativistas se colocaram firmemente no caminho formando uma corrente humana e aos gritos de que "Elegido não está sózinho", tentaram impedir sua morte cruel e covarde.  A imprensa também foi impedida de registrar o acontecimento e alguns participantes saíram feridos durante os festejos.
Uma ativista foi atingida por pedras e teve que ser socorrida e a polícia interveio dissolvendo o protesto.


Os habitantes e defensores do que chamam de tradição gritavam que se não gostam do que ocorre por lá, que não compareçam. Outros disseram que o touro Elegido era muito pequeno e por este motivo estavam desapontados. 
Abaixo o vídeo mostra o momento exato em que o animal de 600 quilos é por fim assassinado de forma cruel e covarde com uma última estocada.

video


Abaixo o vídeo da manifestação de 2014 ocorrida no sábado dia 13 de setembro que ainda não tinham divulgado quando fizemos nossa postagem sobre o evento.

video



Nota:
Nós também rompemos uma lança por todos os seres indefesos mortos covardemente seja pela religião, pela cobiça, pela fúria, pelo desprezo, pela irresponsabilidade de humanos que se consideram acima do bem e do mal, e que se colocando como criaturas superiores se dão ao direito de tirar vidas preciosas e divinas.
Não podemos esquecer que muitas destas comemorações que ocorrem principalmente na Europa tem sua origem na igreja católica. Se hoje temos um papa que carrega o nome de Francisco de Assis já passou da hora de pressionarmos para que estes festejos do horror deixem de existir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário