sexta-feira, 6 de março de 2015

Levar gato no pet shop ou ao veterinário no colo não dá. Caixa de transporte sempre!!!


Foto: reprodução vídeo Programa do Gugu/R7
Nesta semana o caso do gato Nino que havia fugido quando a dona foi levá-lo ao veterinário nos chamou a atenção para algo que há tempos temos observado em relação aos bichanos e que se trata de um tremendo erro cometido por seus tutores.
Erro este que pode custar a vida de seu querido e amado filho felino. 

Segundo a matéria que foi levada ao ar no último programa do Gugu no R7, a dona do Nino que o havia levado ao veterinário no colo estava a procura do gato porque o bichano se assustou quando ela descia do carro e havia fugido.
O programa então contratou um detetive que localizou o gato, e aí armou se uma pegadinha para o reencontro que quase terminou em outra fuga do animal, isso só não aconteceu porque quem o estava manejando era um criador de felinos que soube controlar a situação.

Resumindo: por conta do barulho e do stress a que o animal foi submetido ele quase fugiu novamente não sem antes arranhar o rosto da dona que estava toda feliz com o reencontro.
Vejam um trecho da matéria no momento em que o animal é entregue a dona.

video

Não é de hoje também que vemos pessoas levando gatos no colo para passear nos grandes pet shops mesmo sabendo que os lugares são frequentados por inúmeros cães.
Basta que se leia um pouco sobre gatos para sabermos o quanto eles se sentem indefesos ao serem expostos a ambientes desconhecidos ou que não possam se esconder caso entendam que estão correndo algum risco.
Jamais se esqueçam que na natureza antes de sua domesticação, os gatos procuravam viver em tocas ou em locais onde não pudessem se tornar vítimas de predadores, e por este motivo procuravam sair a noite utilizando a sua capacidade de enxergar no escuro e de se mover em silencio para caçar.
Tudo o que nos causa admiração em relação a estes  animais maravilhosos tem um motivo de ser,  e foi assim que sobreviveram até os dias de hoje.
Sim, existem raças mais tranquilas que não se estressam tanto, mas será mesmo que vale a pena correr o risco de perder um animal dessa forma ou de vê-lo sendo atropelado ou machucado por algum cachorro menos amigo?
Quem segura um gato quando ele não quer? alguém já tentou? são 18 unhas e vários dentes pontiagudos que não deixarão de ser usados mesmo se ele te amar de paixão.
O instinto sempre fala mais alto quando falamos sobre animais e um gato assustado sempre vai procurar um lugar para se esconder.

E para encerrar nada melhor do que uma tirinha para mostra a ambiguidade de um gato.



Nenhum comentário:

Postar um comentário