quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Cachorro amarrado na porta do comércio? O ladrão agradece!!!



Você deixaria seu filho humano amarrado na porta de um estabelecimento comercial? Não né???
Então porque deixar um cachorro amado e querido como se fosse um filho exposto desta forma?

Já faz um bom tempo que estávamos para escrever algo sobre isto mas sempre ficava para a próxima semana.
Hoje finalmente após observar que mesmo com a grande mídia divulgando as ações de ladrões que andam até mesmo arrancando cãezinhos das mãos de suas donas em plena rua, e continuarmos a ver os cães amarrados na frente de padarias, farmácias e supermercados, chegamos a conclusão que nem todos ainda se ligaram no perigo dessa prática.
Há anos, mesmo antes destes roubos virarem moda e serem divulgados na televisão, já sabíamos de casos de animais que eram desamarrados da frente destes estabelecimentos por ladrões, até mesmo estes catadores de recicláveis que circulam entre um bairro e outro para serem vendidos.
Inclusive em uma certa ocasião uma protetora de SP encontrou um akita sendo conduzido por um destes catadores e ao perguntar a ele se era o dono do cão disse que havia o “encontrado” mas que venderia por 50 reais se estivesse interesse. Ela comprou o animal e descobriu que ele tinha sido roubado da frente de uma padaria do bairro. Foi devolvido ao dono que antes teve que ouvir um longo sermão de nossa amiga.
Os estabelecimentos não tem nenhum responsabilidade sobre o animal que está preso na sua porta, e não adianta se iludir de que o segurança irá cuidar porque se ele for chamado por algum cliente ou pelo patrão bastará alguns minutos para que o roubo ocorra. 

Placa fotografada na frente de um supermercado em SP
Experimentem observar como é fácil se aproximar de um animal manso, dócil e sociável.
Cães de raça sem castrar são os preferidos destes larápios porque eles podem ser usados para procriação e podemos lhes garantir que levarão uma vida de muito sofrimento e crueldades, isso quando não são vendidos em feiras ilegais em meio a animais contaminados como já escrevemos aqui mesmo no blog recentemente. 

Foto internet

Qualquer um que tenha um pouco de conhecimento sobre cães saberá como fazer essa aproximação, visando o roubo, e poderá levá-lo embora sem que ninguém perceba que não o bandido não é o dono.
Abaixo um vídeo de um caso que até onde sabemos infelizmente o bichinho não foi recuperado. Ele já era idoso e tomava remédios diariamente. O que será que foi feito dele? Acho que jamais saberemos!!!

video

Nota:
Embora a vida seja corrida não se deve aproveitar a ida a padaria ou ao mercado para levar seu amigão para passear. Dedique a ele alguns minutos exclusivos não custa tanto, é só se programar. Seu amigão merece todo nosso amor, carinho e dedicação. 
Um dia ele irá nos deixar, mas que seja algo decorrente da idade, e não de um sumiço ocasionado por roubo, pois é muito triste não saber o paradeiro de um amigo, mesmo que ele tenha quatro patas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário